29 de jun de 2008

Este fim de semana...

Este fim de semana fui ver o Sexo e a Cidade e ADOREI, tirei um siso e perdi um bocadinho de juízo, o Boris teve de ir à tosquia por causa do calor e com os nós que tinha ficou a parecer um cabritinho (literalmente, lol, mas continua lindo!), andei a brincar com o barro e fui a uma reunião geral da SGI que reuniu durante uma hora e meia fantásticas 174 jovens!


Santos Populares





24 de jun de 2008

Oradora nata

Há fotos e não resisto a partilhar!


Lá estava eu, Grupo de Trabalho 4 :P



Depois ainda houve debate :)


O Gonçalo fez um amigo do País de Gales que trabalhou para o Tony Blair!




E no fim tivémos uma performance fantástica com o melhor de tudo isto que são os jovens!


21 de jun de 2008


"Sofra o que tiver que sofrer,
desfrute o que tiver de ser desfrutado,
considere tanto o sofrimento como a alegria
como factos da vida e continue orando
NAM-MYOHO-RENGUE-KYO,
não obstante o que aconteça."

Nichiren Daishonin

Dolce fare niente...

Às vezes a nossa vida entra num rodopio de desafios que nem temos tempo de rever, analisar ou sentir.
É tudo tão de seguida que só dá para pegar nas tarefas e resolvê-las sem grande espaço para medos, angústias ou dúvidas.
Este mês tem sido assim...No dia 19 de Junho estive na antiga FIL a falar sobre o trabalho que coordeno numa conferência, na presença de cem pessoas. Depois disso, ainda tive de responder às questões que me colocaram sem saber o que ia sair dali. Correu bem. A parte menos boa foi ter de estar duas horas à frente de todos, aflita para ir ao WC, sem poder levantar-me dali! LOL. (Nervosa as minhas glândulas salivares secam e bebo mais água. Consequência? Está visto.)
O mês, no entanto, ainda não terminou e seguem mais tarefas para resolver!
Hoje começa o Verão e tenho de trabalhar este fim de semana. O que vale é que este mês começa a ter o fim à vista!

15 de jun de 2008

casamento da rita e do manel - 14 de junho




...falta uma com os noivos que andavam num virote, mas essa também há-de surgir!

12 de jun de 2008

Minha história minha memória

São danadinhos, mas também são capazes de coisas fantásticas! Depois de um ano de momentos bons e muitos momentos difíceis, está no fim do ano lectivo.
São jovens desafiantes, sempre a testar os nossos limites e este video é produto da criatividade deles. O final feliz é continuar a acreditar neles.

9 de jun de 2008

Na mouche

Após um tempo,
Aprendemos a diferença subtil
Entre segurar uma mão
E acorrentar uma alma,
E aprendemos
Que o amor não significa deitar-se
E uma companhia não significa segurança
E começamos a aprender...
Que os beijos não são contratos
E os presentes não são promessas
E começamos a aceitar as derrotas
De cabeça levantada e os olhos abertos
Aprendemos a construir
Todos os seus caminhos de hoje,
Porque a terra amanhã
É demasiado incerta para planos...
E os futuros têm um forma de ficarem
Pela metade.
E depois de um tempo
Aprendemos que se for demasiado,
Até um calorzinho do sol queima.
Assim plantamos nosso próprio jardim
E decoramos nossa própria alma,
Em vez de esperarmos que alguém nos traga flores.
E aprendemos que realmente podemos aguentar,
Que somos realmente fortes,
Que valemos realmente a pena,
E aprendemos e aprendemos...
E em cada dia aprendemos.

Jorge Luís Borges


Presente dela para mim!